Loading...

quinta-feira, 26 de junho de 2014

O sonho que virou pesadelo

Lá acabou a prestação de Portugal no Mundial 2014.
Nunca critiquei as escolhas de Paulo Bento pois entendo que quem está perto tem (deveria) uma melhor percepção de como os atletas se apresentam.
Tudo começou com um sonho, como sempre éramos campeões antes de começar, mas tudo terminou com tristeza e sem muita margem para pensamentos pós mundial.
O que se terá passado para tantas lesões, qual o critério para a escolha dos jogadores, das táticas, etc, fica agora a cargo das dezenas de comentadores que por aí andam. Agora podem falar e questionar tudo e mais alguma coisa.
Para o simples adepto fica a tristeza de vermos Portugal abandonar o Mundial cedo demais e termos que voltar a ver a triste realidade que nos rodeia dos cortes cegos, dos desequilíbrios sociais, dos receios do amanhã com ou sem trabalho. Alguns pensarão, que daqui a dois anos haverá o Europeu e será desta que Portugal traz uma alegria para casa e que CR7 mostra tudo o que vale. Eu acredito que sim, pois acreditar é o que nos resta. Mesmo assim força Portugal.

Sem comentários:

Enviar um comentário